CHAVES: Romaria de São Caetano de regresso ao seu formato habitual

2022-08-02 09:18:10

É entre os dias 5 e 7 de agosto que a Romaria de São Caetano, que se festeja no seu santuário em Ervededo, toma lugar e chama a si milhares de romeiros.

As celebrações deste ano contam com um forte ponto alto: a receção de uma relíquia de São Caetano, que ficará exposta permanentemente no Santuário. Depois de dois anos voltados para o aprofundamento das raízes da fé, contando apenas com as celebrações litúrgicas devido à COVID-19, este ano a Romaria retoma a sua forma habitual, com o regresso da feirinha, da alimentação e da animação musical.

Considerada como uma das maiores romarias do Alto Tâmega, e depois de dois Manos em que muitos peregrinos se viram privados de cumprir as suas promessas devido à COVID-19, e de toda a romaria ter de ser repensada e reorganizada para conseguir manter viva a fé e a esperança dos peregrinos, as festas em honra de São Caetano de Ervededo regressam em força nos seus moldes habituais no próximo fim-de-semana.

Serão três dias marcados pela celebração da fé e da devoção de tantos peregrinos que se confiam à proteção de São Caetano.

O programa religioso conta com celebrações Eucarísticas no aábado pelas 10h da manhã e com a Celebração da Missa da Vigília, com bênção da luz e seguida de procissão de velas, pelas 21h.

Domingo, dia 7, verdadeiro dia da memória Litúrgica de São Caetano, será celebrada Eucaristia às 7h para os peregrinos matutinos. Pelas 9h a tradicional ''missa Española'', celebrada em Castelhano para os devotos de língua Espanhola.
O ponto alto das celebrações dá-se pelas 11h de Domingo, sendo celebrada a Eucaristia Solene da festa de São Caetano, que este ano será presidida pelo Rev. Pe. Alberto de Oliveira, que consigo trará uma grande novidade que ficará para sempre no coração deste santuário: uma relíquia de São Caetano, no caso, um fragmento de uma peça de roupa utilizado pelo padroeiro, que será exposta à veneração dos fiéis e será posteriormente colocada na igreja do santuário.
A Eucaristia será seguida da grande procissão, que culminará com o adeus a são Caetano. A animação musical das eucaristias estará a cargo do Coral Vicentino de Chaves.

A animação musical no dia da festa estará também de regresso, sendo este ano garantida pela Banda Musical da Torre de Ervededo e também pela Banda Musical de Loivos, que darão entrada no recinto pelas 10h, acompanharão a procissão e tocaram ao despique, nos coretos do recinto, pelas 16h30.

O alívio das restrições devido à situação pandémica permite que este ano a tradicional feira esteja de volta às avenidas do santuário, bem como o retorno do tradicional corredor da alimentação, bem característico desta romaria, onde tantos amigos e familiares se juntam, em volta do ''Pulpo à Gallega'', entre outras iguarias tradicionais.

Embora a situação pandémica esteja aliviada, esta ainda não foi totalmente ultrapassada e, por isso mesmo, o cumprimento de promessas carregando as primitivas imagens de São Caetano continuará a não ser permitido, não só pela questão de saúde pública devido à facilidade de propagação de doenças através do toque e partilha de objetos, mas também devido a sérias advertências dadas por conservadores/restauradores que indicam que o desgaste provocado pelo uso tão intensivo das imagens ao longo de décadas as está a fazer chegar a um ponto de não retorno, algo que nem a reitoria nem certamente nenhum peregrino quer que aconteça: que se perca a primeira imagem aqui chegada de São Caetano.
Ao fim de dois difíceis anos, mas nos quais a vida no Santuário não parou nunca, os peregrinos poderão apreciar e ser surpreendidos por um grande conjunto de renovações e remodelações que têm vindo a ser feitas no sentido de preservar o património histórico deste santuário.

Muitos já começam a subir a serra até ao frondoso cantinho das serras de Ervededo para cumprir as suas promessas, e são esperados ainda mais romeiros que o habitual, pois muitos emigrantes e deslocados se viram privados, devido às situações de contingência, de poder vir até ao São Caetano.

As portas do santuário permanecerão sempre abertas como habitual, estando em curso mesmo durante a semana o normal horário de abertura dos espaços de culto, sendo também garantida durante a semana venda de cera e artigos religiosos sempre que possível. A quem não é possível visitar o santuário na sua peregrinação anual, este local de culto conta com celebração da Eucaristia todos os Domingos, pelas 16h.

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso