Denominação da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega foi alterada

2022-10-11 09:53:55

CIMAT passou oficialmente a designar-se Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e Barroso.

Foi na envolvente do Posto de Turismo do Alto Tâmega e Barroso, em Chaves, que decorreu no sábado, dia 8 de outubro, a cerimónia de alteração da denominação da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT). A ocasião serviu ainda para prestar homenagem à Orquestra de Sopros da Academia de Artes de Chaves distinguindo-a com o título “Embaixador do Alto Tâmega e Barroso”.
Com a presença de Isabel Ferreira, Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional e com António Cunha, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, procedeu-se, na presença de um notário, à cerimónia de alteração da denominação da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, que passa a ter também a designação de Barroso.
João Noronha, Presidente da Câmara Municipal de Ribeira de Pena, na qualidade de Vice-Presidente da CIMAT, procedeu à cerimónia de abertura e começou por dizer que está “é uma cerimónia de grande simbolismo e significado para o nosso território porque juntos somos mais fortes e juntos temos feito mais e melhor pelo Alto Tâmega e Barroso. Desde a sua fundação em 2013 que o espirito de coesão entre os seus membros se revela fundamental para a promoção conjunta de toda a região.”
António Cunha, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte salientou que “a CIMAT é um exemplo do que pode e deve acontecer bem como do caminho que há para percorrer”.
Isabel Ferreira, Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional garantiu que “não faltam recursos endógenos que poder ser aproveitados cada vez mais para afirmar a identidade de um território que vai fazer a diferença na captação de investimento”, dando também os parabéns pelo trabalho e exemplo que a CIMAT tem dado.


Selecionador Jorge Braz diz-se orgulhoso pela Orquestra de Sopros da AAC ser “Embaixadora do Alto Tâmega e Barroso”

A mesma ocasião servirá para prestar homenagem à Orquestra de Sopros da Academia de Artes de Chaves distinguindo-a com o título “Embaixador do Alto Tâmega e Barroso”, cujo objetivo é o reconhecimento do valor de cidadãos/entidades oriundos do território que nas mais variadas áreas de atividade têm tido um percurso de excelência, mantendo o orgulho nas suas origens e tendo como princípios a humildade e a capacidade de superação.
Jorge Braz, o 1ª Embaixador do Alto Tâmega e Barroso, na impossibilidade de estar presente, enviou uma mensagem onde começa por dizer que “a Orquestra de Sopros é um exemplo de superação e do que é trabalhar para atingir objetivos e ser-se dos melhor com raízes em Trás-os-Montes. Parabéns, pois é com orgulho enorme que tomei conhecimento que temos mais um Embaixador do Alto Tâmega e Barroso”


Paulo Silva Reis
Fotos: João Couto


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso