VALPAÇOS: Altamiro Claro reeleito Provedor da Misericórdia da Valpaços

2023-01-11 10:51:10

Vai assumir o terceiro mandato à frente da Santa Casa da Misericórdia de Valpaços.


Os órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia (SCM) de Valpaços, para o quadriénio 2023-2026, tomaram posse, na sexta-feira, 6 de janeiro, em cerimónia presidida pelo Bispo de Vila Real, D. António Augusto de Azevedo que aproveitou a ocasião para visitar alguns dos equipamentos nas áreas da educação, social e da saúde. A Cerimónia de Tomada de Posse dos Órgãos Sociais para o quadriénio 2023/2026 foi abrilhantada com as canções interpretadas pelo Coro da Misericórdia de Valpaços.

De recordar que, Altamiro Claro foi reeleito para mais um mandato, nas eleições mais participadas da Santa Misericórdia de Valpaços, onde a sua lista única reuniu 115 dos 116 votos dos irmãos presentes.

Para o reeleito provedor da SCM de Valpaços, o ano de 2023 representará ''o início de uma nova etapa na vida desta instituição'' fundada em novembro de 1946.

Com 10 Estruturas Residenciais para Idosos, Centros de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário, Cantinas Sociais, uma Creche e ensino Pré-escolar, abrangendo atualmente um total de 740 utentes, a Santa Casa da Misericórdia de Valpaços dispõe ainda, de um novo Hospital e de uma Quinta, a de Nossa Senhora do Carmo, em Valverde onde se cultivam produtos da terra, com destaque para a vitivinicultura.

Nos próximos anos, esta instituição, que emprega cerca de 360 funcionários, quer ''implementar medidas que ajudem a consolidar e a fortalecer as múltiplas respostas'' (…) desde logo ''introduzir mais organização, acompanhada de medidas de gestão que acautelem o impacto de um mundo profundamente agitado, gerador de graves problemas sociais, com reflexo na sustentabilidade das organizações e das estruturas familiares''.

No Hospital de Valpaços Altamiro Claro pretende dotar o hospital com novas valências, ''que continuem a gerar atratividade na região e, simultaneamente, acompanhadas de medidas concretas de reforço da qualidade na prestação dos atos médico-cirúrgicos''.

Até 2024, a SCM de Valpaços quer construir uma nova Estrutura Residencial de Habitação Colaborativa cujo investimento público, foi aprovado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e é superior a um milhão de euros sendo da responsabilidade da Misericórdia de Valpaços o valor de cerca de 26 milhões de euros. ''O aumento da esperança de vida põe-nos de sobreaviso sobre a necessidade de se construir uma nova geração de equipamentos sociais, especialmente dirigidos para as doenças do foro neuro degenerativo. Continuaremos disponíveis para assumir estes novos desafios, com determinação, empenhamento e dedicação, na certeza de que estamos a contribuir para uma sociedade mais inclusiva e solidária'', referiu Altamiro Claro.

Sara Esteves
Fotos: Santa Casa da Misericórdia de Valpaços

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso