REGIÃO: Alto Tâmega com mais 51 casos de Covid-19

2020-12-10 09:53:35

São agora 1383 casos em fase ativa da doença. 891 em Chaves, 168 em Valpaços, 191 em Vila Pouca de Aguiar, 18 em Ribeira de Pena, 33 em Boticas e 82 casos em Montalegre. Há ainda 1933 recuperados e 18 óbitos.

Os números não são os mais animadores. Os casos de Covid-19 na região do Alto Tâmega continuam a aumentar ao contrário de outras regiões do país que têm conseguido diminuir a incidência de casos.
Neste momento a região regista em fase ativa da doença 1 383 casos (mais 51), 18 óbitos e 1 933 recuperados, num total de 3336 confirmados.
Segundo a mais recente publicação da Unidade de Saúde Pública do ACES do Alto Tâmega e Barroso, relativa às 23h59 do dia 8 de dezembro, existem em fase ativa da doença 1383 casos na região. 891 em Chaves, 168 em Valpaços, 191 em Vila Pouca de Aguiar, 18 em Ribeira de Pena, 33 em Boticas e 82 casos em Montalegre.
Desde o início da pandemia, e até ao momento, a região regista um total de 3336 casos confirmados de infetados, tendo a lamentar 18 óbitos. 12 em Chaves, dois em Valpaços, dois em Montalegre e dois em Ribeira de Pena.
O número de recuperados aumentou, a região tem agora 1 933 casos (mais 24), 1045 em Chaves, 290 em Vila Pouca de Aguiar, 208 em Valpaços, 203 em Montalegre, 119 em Ribeira de Pena e 68 em Boticas.
Tendo em conta os casos ativos e os contactos com casos confirmados, em isolamento na região encontram-se 1514 pessoas. Em Chaves 993, em Valpaços 177, em Vila Pouca de Aguiar 199, em Ribeira de Pena 21, em Boticas 41 e em Montalegre 83.
Tendo em conta o rácio de 240 casos ativos por cada 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, Chaves contabiliza 2033.4 casos por 100000 habitantes, Vila Pouca de Aguiar 1580.1 casos por 100000 habitantes, Valpaços 1052.8 por 100000 habitantes, Montalegre 744.7 por 100000 habitantes, Ribeira de Pena 249.3 por 100000 e Boticas 620.2 casos por 100000 habitantes.

Sara Esteves
Edição fotografia: David Teixeira


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso