REGIÃO: Alto Tâmega com 1345 casos ativos e 21 óbitos

2020-12-13 11:23:56

São agora 1345 casos em fase ativa da doença. 863 em Chaves, 154 em Valpaços, 188 em Vila Pouca de Aguiar, 19 em Ribeira de Pena, 31 em Boticas e 90 casos em Montalegre. Há ainda 2261 recuperados e 21 óbitos.


Neste momento a região regista em fase ativa da doença 1 345 casos (mais 35), passou a ter 21 óbitos (mais 1) e 2261 recuperados, num total de 3629 confirmados.
Segundo a mais recente publicação da Unidade de Saúde Pública do ACES do Alto Tâmega e Barroso, relativa às 23h59 do dia 11 de dezembro, existem em fase ativa da doença 1345 casos na região. 863 em Chaves, 154 em Valpaços, 188 em Vila Pouca de Aguiar, 19 em Ribeira de Pena, 31 em Boticas e 90 casos em Montalegre. Desde o início da pandemia, e até ao momento, a região regista um total de 3629 casos confirmados de infetados, tendo a lamentar 21 óbitos. 14 em Chaves, três em Valpaços, dois em Montalegre e dois em Ribeira de Pena.
O número de recuperados aumentou, a região tem agora 2261 casos (mais 59), 1281 em Chaves, 313 em Vila Pouca de Aguiar, 256 em Valpaços, 216 em Montalegre, 122 em Ribeira de Pena e 73 em Boticas.
Tendo em conta os casos ativos e os contactos com casos confirmados, em isolamento na região encontram-se 1491 pessoas. Em Chaves 968, em Valpaços 172, em Vila Pouca de Aguiar 188, em Ribeira de Pena 21, em Boticas 39 e em Montalegre 103.
Tendo em conta o rácio de 240 casos ativos por cada 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, Chaves contabiliza 2002,9 casos por 100000 habitantes, Vila Pouca de Aguiar 1454,7 casos por 100000 habitantes, Valpaços 1012,3 por 100000 habitantes, Montalegre 822,5 por 100000 habitantes, Ribeira de Pena 232,7 por 100000 e Boticas 460.2 casos por 100000 habitantes.


Paulo Silva Reis
Carlos Daniel Morais


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso