CHAVES: Sabores de Chaves, no últimos dias de janeiro

2021-01-08 15:17:06

16ª edição do evento decorre de 29 a 31 de janeiro, no Pavilhão Municipal, com menos produtores e expositores.

O Município de Chaves está a preparar a 16ª edição dos Sabores de Chaves. O evento tem data marcada, para os próximos dias 29, 30 e 31 de janeiro, e promete «regressar num formato totalmente diferente, com menos produtores e menos expositores, dadas as circunstâncias associadas ao surto pandémico de Covid-19, que obrigam ao estrito cumprimento das normas de segurança, definidas pela Direção-Geral de Saúde», anunciou a autarquia em nota de imprensa.

A edição de 2021 contará com 38 expositores, cerca de menos 13 que o habitual, e não haverá «a presença de tasquinhas e provas, nem com os habituais momentos de animação». A entrada será limitada e controlada e será dada atenção à «desinfeção do espaço e superfícies».

«Apesar dos constrangimentos associados à pandemia, a realização deste certame tem especial relevância para a dinâmica da economia local, que tem sido bastante afetada nos últimos tempos», destacou Paula Chaves, vereadora da Câmara Municipal de Chaves.

O evento Sabores de Chaves é uma oportunidade para os produtores locais escoarem os seus produtos e estabelecerem contactos com clientes.
A autarquia garante que “mesmo realizado em moldes restritos, os produtores mantêm o interesse em participar nos «Sabores de Chaves», na tentativa de manter e se possível aumentar clientes”.


Este ano, marcado pela pandemia de Covid-19, os produtores vão contar com a promoção institucional, através de um espaço criado para o efeito no website do município (www.chaves.pt). «A ideia é desafiar os visitantes a antecipar as compras, havendo a possibilidade de efetuar encomendas prévias para levantamento em casa dos produtores ou em local reservado para o efeito na feira».

Para além do fumeiro como a alheira, linguiça, salpicão, chouriços variados, ex-libris do certame, o presunto, o Pastel e o Folar de Chaves, o pão centeio, os vinhos, o mel e as compotas são alguns dos produtos genuínos de elevada qualidade que os visitantes poderão encontrar no Pavilhão Municipal, no último fim-de-semana de janeiro.

Sara Esteves
Fotografia arquivo: David Teixeira

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso