CHAVES: Equipamentos culturais e desportivos municipais encerrados

2021-01-19 15:02:41

Autarquia apresentou as medidas municipais em vigor durante o Estado de Emergência.

No âmbito da renovação do Estado de Emergência, que entrou em vigor no passado dia 15 de janeiro, e tendo em conta a evolução da situação epidemiológica, foram estabelecidas um conjunto de medidas extraordinárias que têm como objetivo limitar a propagação da pandemia e proteger a saúde pública, assegurando as cadeias de abastecimento de bens e serviços essenciais.

Sendo assim, os serviços públicos passam a prestar o atendimento presencial por marcação telefónica através do contato geral 276 340 500 e por mail para municipio@chaves.pt, sendo mantida e reforçada a prestação dos serviços através dos meios digitais e dos centros de contacto com os cidadãos e as empresas.

Serão encerradas várias instalações de índole municipal, nomeadamente para realização de atividades recreativas, de lazer e diversão, nos Parques Infantis municipais, atividades culturais e artísticas, no Auditório Luiz Coutinho, no Auditório do Centro Cultural de Chaves, no Museu da Região Flaviense no Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, Museu Militar, Museu de Arte Sacra, Museu Ferroviário, Biblioteca Municipal; Arquivo Municipal. Desportivas, no Pavilhão Desportivo Municipal, Piscina Municipal; Estádio Municipal, Termas e Spa, no Complexo Termal de Chaves e Vidago e Equipamentos de promoção turística como Posto de Turismo de Chaves.

Encontram-se ainda suspensas a realização de atividades em espaços abertos, como desfiles e festas populares ou manifestações folclóricas ou outras de qualquer natureza.

Será realizada a Feira Semanal e Mercado Municipal, nos casos de venda de produtos alimentares, encontrando-se reunidas as condições de segurança.
Será autorizado o exercício de atividade por vendedores itinerantes, para disponibilização de bens de primeira necessidade ou de outros bens considerados essenciais, em todas as localidades das freguesias do concelho, com o competente parecer da autoridade local de saúde e das forças de segurança concelhias.

O acesso aos cemitérios encontra-se condicionado, sendo assegurada a realização de funerais, no estrito cumprimento das normas estabelecidas.

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso