BOTICAS: Boticas Parque alvo de investimento de cerca de 250 mil euros

2021-01-28 10:35:55

A Câmara de Boticas vai investir cerca de 250 mil euros na valorização e criação de infraestruturas que permitam aumentar a oferta turística, aproveitando os recursos endógenos existentes no Concelho.

O investimento no Boticas Parque e zona envolvente «vai permitir criar dois novos trilhos, uma via Ferrata, junto ao Observatório do Território GIAHS/SIPAM - Teto do Mundo, um novo percurso de arborismo e ainda um jardim sensorial».

Além disso, será também promovida a requalificação da Quinta Pedagógica, através de intervenções que contemplam, entre outras ações de manutenção e valorização da biodiversidade do parque, a criação de uma horta biológica.

No sentido de impulsionar e diversificar as opções turísticas do Concelho, serão ainda efetuados investimentos noutros equipamentos municipais, nomeadamente no Parque de Animação Turística e Aventura de Boticas, mediante a adaptação de um edifício, de modo a garantir as condições necessárias para acolher grupos que participem nas atividades desenvolvidas neste parque, suprindo-se assim a falta de alojamento no local.

Segundo o Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, “estas obras vão contribuir para o crescimento do setor do turismo do nosso Concelho e aumentar a atratividade deste território, distinguido como Património Agrícola Mundial pelas suas caraterísticas únicas”.

“Um dos nossos grandes objetivos é incentivar cada vez mais as pessoas a visitarem a nossa terra e, para que tal aconteça, é fundamental que se promova o vasto património natural, paisagístico, cultural e gastronómico aqui existente, contribuindo para uma maior dinâmica económica e, simultaneamente, para o crescimento do Concelho”, acrescentou o autarca.

De referir que este investimento decorre no âmbito da candidatura “Centro de Observação da Natureza e do Barroso – Fase II”, apresentada pelo Município de Boticas ao aviso NORTE-28-2020-06 – Estratégias de Eficiência Coletiva PROVERE – Projetos Âncora.

O projeto tem um investimento total elegível de 249.537,19 euros e uma comparticipação FEDER de 212.106,61 euros, correspondente a uma taxa de cofinanciamento de 85% do custo total elegível da operação.
?

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso