BOTICAS: Autarca apela à serenidade da população

2021-02-15 20:06:04

A situação relativamente à pandemia de Covid-19 no Concelho de Boticas tem vindo, nos últimos dias, a estabilizar, fruto da responsabilidade da população, que tem cumprido as regras e feito todos os sacrifícios para achatar a curva de contágios e vencer o vírus.
Fernando Queiroga, Presidente da Câmara de Boticas, através de um comunicado, dirigiu-se à população e apelou à serenidade. «Felizmente temos vindo a reduzir de forma substancial os novos casos diários, a que se junta um número significativo de recuperados, o que faz aumentar ainda mais a nossa esperança de em breve podermos regressar à normalidade, aliviando-se progressivamente as medidas restritivas impostas pelo Estado de Emergência, em vigor pelo menos até ao dia 1 de Março,» começa por dizer o autarca, salientando que «a reforçar ainda mais o nosso otimismo e a nossa crença no futuro, já começaram a ser vacinados os nossos bombeiros que estão na linha da frente no combate à covid-19 e inicia-se já amanhã a vacinação dos idosos do Concelho com mais de 80 anos. É uma excelente notícia, que nos traz maior tranquilidade e segurança, mas nem por isso nos retira responsabilidade, nem nos deixa relaxar, pois estamos numa fase crucial do combate à pandemia e não podemos deitar a perder os esforços realizados até agora.
Apelo a que se mantenha a serenidade e se respeite a prioridade na vacinação. Todos serão vacinados, mas deverão aguardar o contacto das autoridades de saúde e o respetivo agendamento para que, cada um na sua vez, possa ser vacinado, sem causar constrangimentos ao Plano definido.
Enquanto tal, devemos manter todos os cuidados e recusar comportamentos de risco, usando sempre máscara e promovendo o distanciamento social, evitando ao máximo os convívios e as concentrações de pessoas, mesmo no meio familiar.»
Fernando Queiroga, a concluir, salienta que «ainda estamos longe de ganhar esta luta e o comportamento individual continua a ser fundamental para fazermos frente à covid-19. Continuaremos unidos e mais fortes para ultrapassar este mau momento. A responsabilidade é de todos nós. A saúde da nossa população será sempre o mais importante.»

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso