COVID-19: Alto Tâmega em franca recuperação

2021-02-17 12:28:37

A região do Alto Tâmega tem vindo a descer consideravelmente o número de casos ativos tendo por linha de conta o rácio dos 240 casos ativos por cada 100 mil habitantes.

Os números, das últimas 24 horas, segundo a publicação da Unidade de Saúde Pública do ACES do Alto Tâmega e Barroso, são animadores. Neste momento a região tem em fase ativa da doença 505 casos, 157 óbitos e 6912 recuperados
Em fase ativa Chaves tem 214 casos, 48 em Valpaços, 69 em Vila Pouca de Aguiar, 57 em Ribeira de Pena, 75 em Boticas e 42 no concelho de Montalegre.
Os recuperados são agora 6912, 3481 em Chaves, 1006 em Valpaços, 843 em Vila Pouca de Aguiar, 419 em Ribeira de Pena, 426 em Boticas e 737 em Montalegre.

Quanto ao número de óbitos, em toda a região do Alto Tâmega , passaram de 151 para 157. 81 em Chaves, Valpaços 30, Vila Pouca de Aguiar 18, 13 em Ribeira de Pena, 12 em Montalegre e 3 em Boticas.

Desde o início da pandemia, e até ao momento, a região regista um total de 7575 casos confirmados de infetados. 3776 em Chaves, 1085 em Valpaços, 930 em Vila Pouca de Aguiar, 489 em Ribeira de Pena, 504 em Boticas e 791 em Montalegre.

Tendo em conta o rácio de 240 casos ativos por cada 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, Chaves contabiliza 264,3 casos por 100000 habitantes, Vila Pouca de Aguiar 359,5 casos por 100000 habitantes, Valpaços 384,7 casos por 100000 habitantes, Montalegre 366,8 casos por 100000 habitantes, Ribeira de Pena 149,6 casos por 100000 habitantes e Boticas 1280,5 casos por 100000 habitantes.

Paulo Silva Reis




Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso