MONTALEGRE: Um ano depois do início da pandemia voltou-se a rezar

2021-03-03 10:58:12

No Centro Social e Paroquial de Vilar de Perdizes, um ano depois do início da pandemia em Portugal, deram «graças a Deus» por não terem tido nenhum utente da estrutura residencial para idosos infetado com a COVID-19.
Com a presença do padre António Joaquim, presidente a instituição e curiosamente no mesmo dia em se iniciou a vacinação dos utentes de centro de dia, com o devido distanciamento e cumprindo todas as normas de segurança, apenas com a presença dos residentes, rezou-se no Centro Social e Paroquial de Vilar de Perdizes. «Quisemos dar graças a Deus. Graças por não termos tido nenhum utente da nossa estrutura residencial para idosos infetado com a COVID-19; Graças por todos os nossos utentes e colaboradores estarem vacinados e continuarem a resistir com todas as forças contra o inimigo invisível; Graças por tanta força e paciência que o Senhor da? a todos os colaboradores, utentes e familiares para aguentar tantas medidas, normas mas, acima de tudo, a ausência do contacto físico para expressar o carinho e ternura; Pedimos por todos os que se entregaram nos braços do Pai e partiram para os céus, e pedimos com todo o coração que Ele os tenha junto a si; Pedimos por todos os profissionais de saúde que continuam a olhar por todos.»
O «Sol voltou a brilhar» e para os responsáveis da instituição, o acelerar da vacinação «faz com que se esteja cada vez mais próximo de abrir novamente as portas».

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso