Cuidados: Lagarta do Pinheiro

2021-03-07 17:48:59

A lagarta do pinheiro é um inseto dos pinheiros e cedros em Portugal. Tem o corpo dividido em pequenos segmentos, cada um dos quais com milhares de pelos urticantes de coloração alaranjada que se vão libertando e espalhando pelo ar à medida que a lagarta se desloca. Estes pelos, em contacto com a pele, mucosas e olhos, são responsáveis pelas alergias.

SINAIS E SINTOMAS

A gravidade da reação alérgica depende da intensidade, exposição e sensibilidade individual:

Reação urticariforme: irritação cutânea com pele vermelha, comichão, ardor e inchaço. As alterações cutâneas têm o aspeto de manchas vermelhas e babas. Podem estar limitadas ao local de contacto ou serem mais ou menos generalizadas abrangendo uma área mais vasta do corpo.


Irritação ocular: em tudo semelhante a uma conjuntivite com os olhos avermelhados, comichão e inchaço.

A inalação dos pelos pode desencadear tosse e dificuldade respiratória de gravidade variável.

Os sintomas podem surgir alguns minutos ou horas após o contacto e persistir por várias horas ou dias.

TRATAMENTO

O tratamento depende da intensidade dos sintomas:

- Lavagem da pele / ocular com água corrente;
- Remoção dos pelos urticantes que possam ter ficado aderentes à pele (por exemplo com um adesivo);
- Remoção do vestuário;
- Aplicação local de uma pomada à base de corticoides;
- Administração de anti-histamínico por via oral.

Em contacto por via ocular deve recorrer à observação por oftalmologista.
Perante uma reação alérgica intensa deve ser observado no serviço de urgência.
Se necessário ligue 112.

Em ambos os casos, ligue para o CIAV – 800 250 250.


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso