CHAVES: Constituído arguido homem que alegadamente há um ano fugiu ao SEF na Fronteira

2021-07-13 12:17:13

Um carro de alta cilindrada furou, em julho do ano passado, o controlo fronteiriço em Vila Verde da Raia, mas um ano depois o seu alegado condutor foi identificado e constituído arguido.

A 20 de julho do ano passado, um Mercedes Benz de alta cilindrada, de cor cinza claro e tejadilho preto, quando se aproximou do controlo fronteiriço em Vila Verde da Raia, acendeu os máximos e acelerou bruscamente na direção de um agente do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), não obedecendo à ordem de paragem e fazendo com que o inspetor tivesse que se desviar para não ser abalroado.
A GNR, que também estava no local, de imediato perseguiu o carro que fugiu ao controlo da fronteira e a perseguição aconteceu ainda durante alguns quilómetros, mas a GNR acabou por perdê-lo. Imediatamente foi emitido um alerta nacional e o carro acabou por ser localizado.
Recorde-se que na altura, as autoridades francesas comunicaram à polícia espanhola a fuga de três cidadãos perigosos, sinalizados por homicídio com arma de fogo, delitos contra a propriedade, ordem pública e segurança do Estado. A informação também chegou às autoridades portuguesas, mas nada pode garantir que possam ser os mesmos que fugiram na fronteira de Vila Verde da Raia em Chaves.
Ontem, ao final do dia e depois de uma longa investigação, o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Chaves, identificou e constituiu arguido o suposto autor da fuga que vai ter que responder perante a justiça.




Paulo Silva Reis
Foto Carlos Daniel Morais

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso