CHAVES: RI19 ministra estágio a 67 cadetes da Academia Militar

2021-09-09 17:26:41

Decorre, entre o dia 06 e 17 de setembro de 2021, no Regimento de Infantaria Nº19 (RI19), em Chaves, o Estágio Complementar de Operações de Apoio à Paz, ministrado a 67 Cadetes Alunos de todos os cursos que constituem o 2º ano da Academia Militar (AM). Por razões de controlo sanitário, associadas à Pandemia COVID-19, o estágio inclui, na primeira semana (6/10 de setembro), um grupo de 35 cadetes e na segunda semana (13/17 de setembro) um grupo de 32 cadetes.

Os formadores são dois Oficiais e quatro Sargentos do RI19 tendo todos eles uma vasta experiência no desempenho de funções no país e no estrangeiro, tendo integrado Forças Nacionais Destacadas em Timor-Leste, no Kosovo, no Afeganistão e mais recentemente no Iraque (onde decorreu em 2019 a missão do 9º Contingente Nacional aprontado pelo RI19).

Estão também a apoiar a formação três viaturas blindadas PANDUR II ICV 8x8, que envolvem a participação de 3 Sargentos e de três condutores provenientes de Unidades da Brigada de Intervenção.

Este estágio, para além de dar a conhecer aos Cadetes Alunos da AM a vivência no RI19, e na região de Chaves, tem como objetivo principal habilitá-los com competências do cargo de comandante de pelotão, em Operações de Apoio à Paz (OAP).

Após a formação teórica os Cadetes Alunos aplicam os conhecimentos adquiridos, executando diversas atividades críticas em OAP tais como: estabelecer e operar um checkpoint fixo e móvel; organizar e executar uma escolta; organizar e operar um posto de observação; estabelecer a defesa de um ponto sensível; planear e conduzir um cerco e busca.

O estágio termina com um exercício final, onde os cadetes, num cenário tático, planeiam e conduzem algumas das tarefas críticas ministradas durante a semana, empregando, na região de Sanjurge (Chaves), as viaturas blindadas de rodas PANDUR II 8x8.

Este estágio constituirá, decerto, um momento em que os futuros e as futuras Oficiais dos Quadros Permanentes do Exército e da Guarda Nacional Republicana, não esquecerão os “Fronteiros de Chaves”, o Quartel do Alto da Trindade e o Alto Tâmega.

 


Subscrever newsletter



Login



Recuperar acesso